Sola Scriptura

A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Henrique em Qua Mar 12 2014, 23:29

A MORTE E A ETERNIDADE.

Qual o destino da alma?

Definindo o problema

Uma das questões mais preocupante para o homem, talvez seja a questão da morte.A realidade da morte é um fato tão desagradável, que todas as culturas têm procurado encontrar recursos, as vezes extremos, para ajudar o ser humano a sobreviver após a morte, ou além túmulo.

Com os avanços da medicina, muitos vivem como se a morte só acontecesse com outros, mas a realidade é que todos morrerão.

Mas a grande questão é: o que acontece depois da morte?

Essa questão também é importante porque, ao conhecer o que é aguardado no fim da vida, todos tem oportunidade de se preparar para enfrentar a realidade, pois um dos propósitos centrais da vida religiosa é preparar o ser humano para a morte.

Estudemos a respeito destas questões, com o objetivo de entender os vários pontos de vista sobre a morte e encontrar as respostas oferecidas pelo ensino cristão.

VÁRIOS PONTOS DE VISTA

A imortalidade da alma

A visão da alma inerentemente imortal é comum nas religiões, sendo também um aspecto da filosofia grega antiga.

Este conceito é diferente da ideia cristã, porque afirma que a alma continuará para sempre sem o corpo físico.

No espiritismo e em algumas religiões tradicionais, prega-se que a evolução espiritual da pessoa continuará depois da morte. As religiões e tradições que buscam se comunicar com mortos tem esta ideia.

Para os gnósticos e para os neoplatônicos, o corpo físico era um obstáculo para esse crescimento, e eles s escandalizavam com a doutrina da ressurreição do corpo. Alguns pensadores modernos concordam com a ideia da eternidade inerente da alma, e com a doutrina de que a alma continuará para sempre sem o corpo físico.


O sono da alma e o a niquilamento dos ímpios

Um ensinamento que apareceu algumas vezes na história é a noção de que a mente do ser humano não pode sobreviver fora do corpo físico. Neste caso o lado espiritual do homem não existe num estado separado do corpo após a morte.

Conhecida como "sono da alma" esta doutrina descreve o estado de inconsciência da pessoa que se dá entre a morte e a ressurreição, e trás duas consequências: negação do estado intermediário, ou seja existência consciente estre a morte e a ressurreição; e a doutrina do aniquilacionismo das almas dos ímpios que depois do juízo final serão jogados no inferno e consumidos pelas chamas, não existirão mais.


Temos ainda a reencarnação, que talvez seja a alternativa mais popular para a afirmação cristã da ressurreição. Existem variações sobre a noção da reencarnação, mas a ideia básica é que, entre várias vidas, há uma continuidade na forma de essência comum: a alma. A alma ou espírito encarna-se repetidamente, nem processo de ascensão na corrente do Ser. Os que defendem a doutrina da reencarnação acreditam que a alma da mesma pessoa continua, apenas esquecendo-se das vidas anteriores.

Temos ainda a progressão eterna, defendida pelos mórmons, que se tornarão deuses gerem filhos espirituais, criem uma terra para que nela esses filhos habitem e reinem como Deus reina nesta terra.

O paraíso sensual ensinado pelo Islamismo onde Alá castigará ou entregará o galardão para quem ele quiser.

O naturalismo filosófico ateísta nega a existência da alma humana.Ao ser reduzido a uma máquina biológica, o homem não tem chance de sobreviver, uma vez que o corpo é destruído pela morte.

Entre muitos idealismos, diferentes pontos de vista na história da igreja vamos destacar o purgatório ensinado pelo catolicismo.  ensinam que os cristãos que ainda t~em o pecado venial irão para o purgatório e lá serão limpos antes de entrar no céu. Creem que a cruz de Cristo só pagou o pecado venial. Pode ser definido como "um estado intermediário, pelo qual os que morreram, em estado de graça, têm oportunidade de purgar a culpa de seus pecados antes de serem finalmente admitidos no céu".

Certo é que estes não as únicas crenças e doutrinas conhecidas sobre o assunto, mas creio ser as mais populares.

Daremos pois início ao estudo Bíblico.

Irmãos, caso haja comentários, gostaria que fosse do assunto em questão.

A graça seja conosco.

Henrique

Mensagens : 278
Data de inscrição : 18/11/2013
Localização : São Paulo, capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Qui Mar 13 2014, 11:43

Qual o seu posicionamento quanto ao assunto?

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Henrique em Sex Mar 14 2014, 00:22

Minha posição é simples: sou biblista!

  

Henrique

Mensagens : 278
Data de inscrição : 18/11/2013
Localização : São Paulo, capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Sex Mar 14 2014, 11:04

O que diz a bíblia a respeito?   

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Vivian em Sex Mar 14 2014, 14:05

divide aê Henrique

Vivian

Mensagens : 4929
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 35
Localização : Jacarecity-PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Henrique em Sab Mar 15 2014, 00:32

ESTUDO BÍBLICO

ANTIGO TESTAMENTO

A morte se apresenta na história desde o primeiro homem, quando Deus proibiu Adão de comer da árvore do conhecimento do bem e do mal, “porque, no dia em que dela comeres certamente morrerás” ( Gn 2.17 ). ‘ Certamente morrerás’ significa literalmente a certeza do resultado da morte como castigo da desobediência foi ressaltada e garantida por Deus.

A morte ocorreu precisamente como Deus dissera. Primeiro, a morte aconteceu no sentido espiritual, segundo  o processo de deterioração que desemboca em morte física começou. O resultado é o que vemos depois na genealogia de Genesis 5 onde os dias dos personagens são dados mas o no fim é ‘e morreu’.

No Antigo Testamento ,  a palavra sheol  aparece 65 vezes e significa ‘‘morte’’ ou ‘’sepultura’’. A tradução ‘’inferno’’ aparece também várias vezes, isso reflete a revelação progressiva do conceito da vida além morte.

As vezes sheol  quer dizer apenas o lugar físico para onde os mortos vão ( cf. Gn 37.35 ). Isso poderia dar idéia de um destino comum aos mortos, embora, algumas vezes refira-se ao destinos dos ímpios ( Dt 32.22 ).

Embora alguns teólogos tenham defendido sheol como lugar comum onde está a alma de todos os mortos, isto obscurece a distinção que o AT faz entre o destino dos ímpios e dos salvos. Melhor entender este ponto de vista como sepultura, lugar comum de todos os que morrem.

Davi declarou sua fé na vida eterna em vários Salmos:


Pois não deixarás a minha alma no inferno ( sheol ), nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.
Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.
Salmos 16:10-11


Mesmo depois de morrer, ele estaria na presença do Senhor, onde ‘’há plenitude de alegria’’ e ‘’delícias perpetuamente’’.

Ao contrário dos ímpios, pois estes não tem esperança de futuro.

Dos homens com a tua mão, Senhor, dos homens do mundo, cuja porção está nesta vida, e cujo ventre enches do teu tesouro oculto. Estão fartos de filhos e dão os seus sobejos às suas crianças.
Salmos 17:14


‘’Porção está nesta vida’’ ou o seu quinhão. Os ímpios podem receber muito do que é bom nesta vida,mas é tudo que eles podem esperar.
A promessa da vitória final foi declarada por Isaías.

Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor DEUS as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque o SENHOR o disse.
Isaías 25:8


Porém não se está proclamando a salvação universal de todos. Os ímpios serão castigados sendo encerrados no cárcere.

E serão ajuntados como presos numa masmorra, e serão encerrados num cárcere; e outra vez serão castigados depois de muitos dias.
Isaías 24:22


Certo é que este estudo não diz tudo que ensina o Antigo Testamento, porém este é o ensinamento abrangente.

Na próxima falamos do Novo Testamento.

A Graça seja conosco.

Henrique

Mensagens : 278
Data de inscrição : 18/11/2013
Localização : São Paulo, capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Sab Mar 15 2014, 12:13

Ôh Henrique , vamos adiantar isso   

Até meu vizinho de 5 aninhos , sabe que o vovô dele morreu e que não volta mais.
A questão aqui não é entender a morte, sabemos que ela foi a herança que Adão nos deixou!
A complicação começa quando é dito que o homem é composto de corpo , alma e espírito e arremata dizendo que o corpo volta ao pó, o espirito volta a Deus que o criou.
Ora, na equação sumiu o ELEMENTO ALMA.
Se estou viva , ela está comigo e do grego entende-se que é PSIQUÊ , INTELECTO (será que no texto bíblico quer dizer a mesma coisa?) e se morro ele se extingue?
Caso sua resposta seja sim, então vc defende a inconsciência e mortalidade da alma , se sua resposta for não vc defende a consciência e imortalidade da alma (como na parábola do rico e Lázaro (Lucas 16) e como no caso das almas que estão debaixo do altar de Deus e clamam e têm até um diálogo com Deus em Apocalípse 6:


9 E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

10 E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?


Escolhe a corrente teológica que vc vai defender e aí as coisas ficam mais fáceis e diretas.

A pergunta é:

Qual o destino da alma?   

(Adorei esse smyle , agora vou apanhar mas vou bater também!   )

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Irmão em Dom Mar 16 2014, 10:16

esse rapaz está com embromeichon...  

Irmão

Mensagens : 4412
Data de inscrição : 03/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Dom Mar 16 2014, 16:59

 

É que é difícil mesmo Irmão!

Havia um tópico no FCG , era o QUANTA PICARETAGEM e ele era campeão de postagens, quem o abriu foi o Baseado.
Os fóruns evangélicos bombavam na net , eram muitos debatedores, havia leigos mas também havia teólogos ou gente que entendia demais das Escrituras e eu cheguei e abri "QUAL O DESTINO DA ALMA"? e aquilo pipocou e esse tópico terminou como o segundo em postagens daquele fórum.
Mas até hoje a pergunta está em aberto:
Qual o destino da alma?
  

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Vivian em Seg Mar 17 2014, 10:54

minha humilde opinião é que a alma acompanha o espírito, para onde ele for, ela vai

Vivian

Mensagens : 4929
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 35
Localização : Jacarecity-PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Seg Mar 17 2014, 14:33

Livro, capítulo e versículo , ou algum texto que a fez pensar assim!

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por simao em Seg Mar 17 2014, 20:32

A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

simao

Mensagens : 1323
Data de inscrição : 02/01/2011
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Seg Mar 17 2014, 20:40

simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...


Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Paulo Marcos em Seg Mar 17 2014, 20:47

Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Ué? "inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo" não vem tudo depois da morte?  

Paulo Marcos

Mensagens : 4100
Data de inscrição : 13/10/2010
Idade : 56
Localização : Guaruja - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Seg Mar 17 2014, 20:59

Paulo Marcos escreveu:
Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Ué? "inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo" não vem tudo depois da morte?  

Quando?
Um milionésimo de segundo depois da sua morte, depois das trombetas, antes do milênio, depois do milênio, antes ou depois do trono branco...?
 

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Redwan em Qua Mar 19 2014, 07:45

cachorro tem espírito?

Redwan

Mensagens : 1478
Data de inscrição : 09/10/2010
Idade : 46
Localização : BH/MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Vivian em Qua Mar 19 2014, 08:46

Cidoca, aí vc tá querendo uma aula de escatologia.
Wander, dizem que não, e que a alma dos bichos morre com seu corpo

Vivian

Mensagens : 4929
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 35
Localização : Jacarecity-PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Redwan em Qua Mar 19 2014, 09:59

Vivian escreveu:Wander, dizem que não, e que a alma dos bichos morre com seu corpo
bicho= corpo + alma
gente= corpo +??????+espírito?


Redwan

Mensagens : 1478
Data de inscrição : 09/10/2010
Idade : 46
Localização : BH/MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Vivian em Qua Mar 19 2014, 10:38

é

Vivian

Mensagens : 4929
Data de inscrição : 12/10/2010
Idade : 35
Localização : Jacarecity-PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por simao em Qua Mar 19 2014, 20:37

Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Você já viu alguém ir para esses lugares sem passar pela morte?  

simao

Mensagens : 1323
Data de inscrição : 02/01/2011
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Henrique em Qua Mar 19 2014, 21:55

Olá irmãos, graça e paz.

Finalmente um tempo para estar aqui novamente. Estranho não ter recebido nenhum E-mail nestes dias, mesmo tendo vários comentários aqui.

Falando sobre a natureza do homem, vejam este estudo.




OS ELEMENTOS ESSENCIAIS DA NATUREZA HUMANA

Há duas teorias com referência aos elementos essenciais da natureza humana. Notamo-las na seguinte ordem:

I. A TEORIA TRICOTÔMICA

As duas passagens seguintes são tidas por alguns para ensinar uma divisão tríplice da natureza humana em corpo, alma e espírito, estas constituindo três elementos distintos em a natureza do homem:

"E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Tessalonicenses 5:23).

"A Palavra de Deus é viva e eficaz, mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, que penetra até à divisão da alma e do espírito e das juntas e medulas, que é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração" (Hebreus 4:12).

Rejeitemos esta teoria pelas seguintes razões:

1. SE A ENUMERAÇÃO TRÍPLICE EM 1 TESSALONICENSES 5:23 DEVE SER TOMADA COMO SIGNIFICANDO TRÊS ELEMENTOS DISTINTOS NO HOMEM, ENTÃO MATEUS 22:37 DEVE SER TOMADO COMO NOMEANDO, NOMÍNIMO, UM ELEMENTO ADICIONAL, FAZENDO-OS QUATRO AO TODO.

Mateus 22:37 reza: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu pensamento." Precisa ser notado que essa passagem, à luz da interpretação de 1 Tessalonicenses 5:23 pelos advogados da teoria tricotômica, faz de coração e mente elementos diferentes em a natureza do homem. Diga-se agora que a "mente" nesta passagem é idêntica a "espírito" em 1 Tessalonicenses 5:23; mas o "coração" não pode ser identificado com coisa alguma em 1 Tessalonicenses 5:23, desde que "alma", bem como coração, está mencionada em Mateus 22:37. Assim, para os advogados da teoria tricotômica à luz de sua interpretação de 1 Tessalonicenses 5:23, não há escapar da necessidade de sustentar uma divisão quádrupla da natureza humana.

2. TÃO CERTO COMO ESTÁ MANIFESTO PELA ESCRITURA QUE "CORAÇÃO" E "MENTE" NÃO DESIGNAM ELEMENTOS SEPARADOS DA NATUREZA HUMANA, ASSIM TAMBÉM ESTÁ MANIFESTO QUE "ALMA" E "ESPIRITO" NÃO DESIGNAM.

Presumimos que todos concordarão em que "coração" e "mente" representam não dois elementos distintos da natureza humana, mas apenas duas faculdades; sendo a mente especialmente a faculdade do conhecimento e o coração a faculdade do sentimento. Mais tarde mostraremos que é justamente tão manifesto que alma e espírito não são distintos.

3. HEBREUS 4:12 NÃO DEVE SER TOMADO COMO SE REFERINDO A UMA DIVISÃO ENTRE A ALMA E O ESPÍRITO COMO SE FOSSEM ELEMENTOS SEPARADOS.

Antes pensamos que se refere a "penetração" da alma e do espírito até mesmo às suas juntas e medula, a saber, às mesmas profundezas da natureza espiritual"(A. H. Strong).

4. OS TERMOS "ESPÍRITO" E "ALMA" SÃO USADOS UM PELO OUTRO NA ESCRITURA.

Vide Gênesis 41:8 comparado com Salmos 42:6; João 12:27 comparado com João 13:21 e Hebreus 12:23 comparado com Apocalipse 6:9. Este uso intermudável de ambos os termos é fatal à doutrina tricotômica.

5. DOIS ELEMENTOS APENAS DA NATUREZA HUMANA ESTÃO MENCIONADOS NA CRIAÇÃO DO HOMEM.

Primeiro, Deus criou o corpo do homem. Então Ele assoprou nas ventas desse corpo o fôlego (espírito) de vida e assim o homem se tornou alma vivente. Cf. Gênesis 2:7. O homem não veio a ser primeiro alma vivente ou a possuir uma alma e então receber o espírito em adição: foi a recepção do espírito que o fez alma vivente.

6. JESUS DIVIDIU A NATUREZA HUMANA SÓ EM DOIS ELEMENTOS.

Em Mateus 10:28 disse Jesus: "Não temais os que matam o corpo, mas não podem matar a alma; antes temei o que pode destruir tanto a alma e o corpo no inferno". Se há três elementos em a natureza humana, que sucede ao terceiro quando corpo e alma vão para o inferno? Se Eclesiastes 12:7 se oferece em resposta a esta pergunta, respondemos a palavra hebraica traduzida "espírito" nesta passagem, não pode ser tomada como significando "espírito" no sentido em que a usamos aqui: significa meramente "fôlego". Em resposta, pode ser dito que, se a palavra hebraica aqui significa apenas fôlego, então ela significa o mesmo em Gênesis 2:7, onde a temos interpretado como significando espírito. Mas desde que, após a partida do fôlego, o homem continua a ser uma alma vivente, como evidenciado por seu sofrimento cônscio eterno, no caso de ele ir para o inferno (Gehenna), deve ser entendido que a palavra em Gênesis 2:7 significa mais do que fôlego.

Não fique entendido que o que estamos dizendo aqui é que não há nunca qualquer distinção que seja entre alma e espírito. Enquanto elas são muito freqüentemente usadas como sinônimos, contudo, algumas vezes, traça-se uma vaga distinção; mas esta distinção não é entre elementos diferentes da natureza humana. Quando se faz uma distinção, ambos os termos meramente "designam o princípio imaterial de diferentes pontos de vista" (A. H. Strong). "Concluímos que a parte imaterial do homem, vista como uma vida individual e cônscia, capaz de possuir e animar um organismo físico, chama-se "psuke" (alma); vista como um agente moral e racional, suscetível de influência e habitação, esta mesma parte imaterial chama-se "pneuma" (espírito). O "pneuma" (espírito), pois, é a natureza do homem olhando para Deus e capaz de receber e manifestar o "Pneuma Hagion" (Espírito Santo); a "psuke" (alma) é a natureza do homem olhando para a terra e tocando o mundo dos sentidos. O "pneuma" (espírito) é a parte mais elevada do homem como relacionada às realidades espirituais ou como capaz de tal relação; a "psuke" (alma) é a parte mais elevada do homem como relacionada com o corpo ou como capaz de tal relação. O ser do homem, portanto, não é tricotômico senão dicotômico e a sua parte imaterial, enquanto na posse de dualidade de faculdades, tem unidade de substância. A natureza do homem não é uma casa de três andares senão de dois, com janelas no andar de cima dando para duas direções: para a terra e para o céu. O "andar térreo" é a nossa parte física: o corpo. Mas o "andar superior" do homem tem dois aspectos: há uma visão para as coisas embaixo e uma clarabóia através da qual se vêem estrelas" (Strong, Systematic Theology, pág. 246). "A alma é espírito modificada pela união com o corpo" (Hovey).

II. A TEORIA DICATÔMICA

Em vista de todas as considerações precedentes, somos pela teoria dicatômica da natureza humana antes que pela tricotômica: a primeira encara o homem como se compondo de duas partes, uma material (corpo) e outra imaterial (alma ou espírito).

Já justificamos a primeira, ao menos para nossa própria satisfação, contra a segunda. Só nos resta agora responder aos que recusam até mesmo uma dupla divisão da natureza humana e negam que a alma seja um elemento atual, distinto do corpo. Como prova que o corpo e alma são dois elementos distintos, oferecemos os seguintes argumentos:

1. DISSE JESUS QUE O HOMEM NÃO PODE MATAR A ALMA.

Vide Mateus 10:28. E, na mesma passagem Ele também disse que o homem pode matar o corpo; logo, corpo e alma são elementos distintos.

2. O HOMEM CONTINUA A EXISTIR DEPOIS DE O CORPO VOLTAR AO PÓ.

Para prova disto vide o capítulo sobre "O Estado Presente dos Mortos".

3. A MORTE FÍSICA É TRATADA COMO A PARTIDA DA ALMA DO CORPO E A VINDA À VIDA OUTRA VEZ É TRATADA COMO A VINDA DA ALMA OUTRA VEZ AO CORPO.

Vide Gênesis 35:18; 1 Reis 17:22. Algumas vezes a palavra hebraica "alma" nestas passagens (nephesh) significa meramente vida; mas um tal sentido da bem em 1 Reis 17:22, porque aí se afirma que "a alma da criança lhe voltou e ela reviveu" ou viveu outra vez. Traduzir "nephesh" aqui por "vida" faria as palavras rezarem: "A vida da criança veio-lhe outra vez e ela viveu outra vez".

http://zip.net/bbmQmw


Henrique

Mensagens : 278
Data de inscrição : 18/11/2013
Localização : São Paulo, capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Henrique em Qui Mar 20 2014, 00:00

No Novo Testamento

A realidade da vida além da morte é um dos temas centrais no Novo Testamento. Sem a esperança da vida eterna, o plano de redenção do NT não faria sentido.


Na transfiguração de Jesus, apresentam-se com ele Moisés e Elias. Os três falaram da expiação na cruz, que Jesus logo realizaria em Jerusalém ( Mt 17.1-8; Lc 9.28-36 ). Pedro Tiago e João presenciaram o evento, e reconheceram que Moisés e Elias estavam ali, apesar de terem vivido séculos antes. Não foi uma ilusão ou sonho ou uma parábola, mas um acontecimento histórico, no tempo e no espaço, igual a qualquer outro evento que literalmente aconteceu.


Um dos malfeitores crucificado com Jesus defendeu-o contra as blasfêmias do outro, e pediu perdão por seus pecados. Jesus prometeu que, no mesmo dia, ele estaria junto com Jesus no paraíso ( Lc 23.43 ). Há quem negue a existência consciente dos mortos no estado intermediário entre a morte e a ressurreição, traduzem o versículo da seguinte forma:  ''Em verdade te digo hoje, estarás comigo no paraíso''. Ao se colocar uma vírgula depois da palavra ''hoje'' fica a impressão de que Jesus estava falando a respeito da ressurreição no futuro, e não no estado intermediário. Embora esta tradução seja possível, torna-se uma tradução equivocada simplesmente por uma redundância sem sentido. É obvio que Jesus estava falando naquele dia. É melhor entender ''hoje'' como resposta a palavra ''quando'', na pergunta do malfeitor: ''... lembra´te de mim quando entrares no teu reino'' ( Lc 23.43 ). Jesus estava dizendo que o ''quando'' seria ''hoje''. Jesus, então, afirmou o que é conhecido como estado intermediário.


Mais um exemplo que Jesus afirma o estado intermediário ocorre em Lucas 16, quando ele contou a parábola de Lázaro e do homem rico ( Lc 16. 19-31 ). O fato de ser uma parábola significa dizer que não devemos supor que todos os elementos sejam interpretados literalmente, porém atualmente tem-se entendido não como uma parábola, mas um ensinamento claro de Jesus, e isto mesmo que se considere uma parábola, ou seja a intenção de Jesus era ensinar alguns fatos sobre a natureza da existência após a morte, caso contrário, este ensino não faria sentido.
Podemos concluir então o seguinte:
1- Na vida futura a situação dos oprimidos e dos opressores será  invertida. Os pobres que confiam em Deus, serão consolados, enquanto os que confiam nas suas riquezas serão condenados ( Lc 16.25 ).
2- A natureza do castigo dos ímpios é de sofrimento consciente. Difícil estabelecer uma interpretação literal para fogo, embora isso seja possível. por outro lado, isso não diminui o nível de sofrimento no inferno, porque a imagem do fogo representa um castigo terrível. Se os ímpios não vão para um lugar de fogo literal, é somente porque a realidade talvez seja bastante pior, de forma que a imaginação humana não dá conta de entende-la ou concebe-la.
3- Os ímpios e os salvos irão para lugares diferentes, e não podem mudar de lugar após a morte ( Lc 16.26 ).
4- Os mortos não voltam para a terra depois que morrem e nem podem se comunicar com os vivos ( Lc 16.27-31 ). A situação depois da morte é irrevogável.

Continua....

Henrique

Mensagens : 278
Data de inscrição : 18/11/2013
Localização : São Paulo, capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Qui Mar 20 2014, 12:38

simao escreveu:
Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Você já viu alguém ir para esses lugares sem passar pela morte?  

Tá se fazendo de bobo , não tem a resposta!

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Qui Mar 20 2014, 12:40

simao escreveu:
Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Você já viu alguém ir para esses lugares sem passar pela morte?  

Prá ir prá estes lugares tem que ter um julgamento, um corpo glorificado e eu estou falando de antes disso!
Morreu hoje?
Prá onde foi a alma?

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Qui Mar 20 2014, 13:01

Na transfiguração de Jesus, apresentam-se com ele Moisés e Elias. Os três falaram da expiação na cruz, que Jesus logo realizaria em Jerusalém ( Mt 17.1-8; Lc 9.28-36 ). Pedro Tiago e João presenciaram o evento, e reconheceram que Moisés e Elias estavam ali, apesar de terem vivido séculos antes. Não foi uma ilusão ou sonho ou uma parábola, mas um acontecimento histórico, no tempo e no espaço, igual a qualquer outro evento que literalmente aconteceu.

Henrique , eu não debato isso nesse tópico e  também em nenhum outro, pois creio ter aqui um erro tremendo que é amplamente debatido por aqueles que estudam crítica textual bíblica.
Se eu aceito que Moisés está no monte da transfiguração o que eu faço com essa Escritura:


“Assim morreu ali Moisés, servo do SENHOR, na terra de Moabe, conforme a palavra do SENHOR”. (Dt 34.5)

22 Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.

23 Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.


Se Cristo é a primícia dos mortos , Moisés não pode estar no  Monte da Transfiguração e  se ele está Jesus não é primícia!!

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Qui Mar 20 2014, 13:08

Henrique, se vc colocasse o que entende e porque e passo a passo fôssemos destrinchando o assunto seria melhor analisado e o tempo remido!   

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por simao em Qui Mar 20 2014, 20:00

Cidoka escreveu:
simao escreveu:
Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Você já viu alguém ir para esses lugares sem passar pela morte?  

Prá ir prá estes lugares tem que ter um julgamento, um corpo glorificado e eu estou falando de antes disso!
Morreu hoje?
Prá onde foi a alma?
Só pode ir para o Paraíso ou o Inferno.
  

simao

Mensagens : 1323
Data de inscrição : 02/01/2011
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Sex Mar 21 2014, 17:10

simao escreveu:
Cidoka escreveu:
simao escreveu:
Cidoka escreveu:
simao escreveu:A alma tem vários destinos: inferno, paraíso, reino, Nova Jerusalém, Lago de Fogo.   

Estamos falando depois da morte ...

Você já viu alguém ir para esses lugares sem passar pela morte?  

Prá ir prá estes lugares tem que ter um julgamento, um corpo glorificado e eu estou falando de antes disso!
Morreu hoje?
Prá onde foi a alma?
Só pode ir para o Paraíso ou o Inferno.
  

Onde está escrito q a alma tem esse destino?

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Irmão em Sab Mar 22 2014, 19:57

Não dá para concluir pelos contextos?

Irmão

Mensagens : 4412
Data de inscrição : 03/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Cidoka em Dom Mar 23 2014, 00:25

Irmão escreveu:Não dá para concluir pelos contextos?

Contexto de quais  textos?
Cita só um ...

Cidoka

Mensagens : 15715
Data de inscrição : 13/10/2010
Localização : Planeta Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A MORTE E A ETERNIDADE. Qual o destino da alma?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum